Quem usa (ou ainda usa)?

Já sinto um pouco de nostalgia quando ouço o termo web 2.0 (que alguns ainda falam em tom de novidade...). O conceito de colaboração, conteúdo gerado pelos usuários, tecnologias como AJAX, etc, estão evoluindo para uma nova etapa, a web semântica, ou web 3.0, mas isso é assunto para outro post.

Tem alguns produtos da web 2.0 que fizeram sucesso por um tempo e, depois, sumiram, perderam popularidade ou viraram sinônimo de breguice (Orkut?). Abaixo, alguns casos:

Delicious
Usei bastante este serviço de social-bookmarking que, depois de comprado pelo Yahoo!, parou no tempo e deixou de ser notícia. Faz tempo que não acesso.

Digg
Este agregador de notícias e links, com popularidade votada pelos usuários, criou a fama de seu fundador, Kevin Rose, e nunca pegou aqui no Brasil.

FriendFeed
Este site fez grande barulho em seu lançamento por ter o Paul Bucheit, criador do GMail, como seu principal fundador. O FriendFeed é um agregador de feeds de redes sociais. Testei uma vez e nunca mais voltei. É um típico produto que faz sentido num plano de negócios mas, na vida real, não cresce como o projetado.

Hi-5
Uma rede social que nunca acessei, mas recebi dezenas de spams até pouco tempo atrás.

MySpace
Faz sucesso entre músicos e artistas em geral mas parece estar caindo em desuso.

Orkut 1
A maior rede social do Brasil e da Índia, foi uma febre em seu lançamento em 2004, todos queriam convite para entrar (tática usada hoje pelo Google Wave e o Novo Orkut), mas, há tempos, perdeu valor entre os influenciadores da web e virou sinônimo de rede para adolescentes e novos incluídos digitais. Por isso, há um êxodo grande para o Facebook e, muita gente, usa o Orkut apenas para ver datas de aniversários dos amigos.

Plaxo
Começou como um serviço na web para agregar dados de contatos, como uma agenda. Evoluiu, mudou e ainda existe, mas não conheço quem use.

Second Life
Uma febre que até trouxe grandes marcas para ações de marketing dentro deste mundo virtual. Caiu bastante em popularidade e não se ouve mais notícias.

Sonico
Essa rede é nova e vem da Argentina. Quem usa? Eu, não.

Comentários




Últimos livros